"AMAR É QUANDO A ALMA MUDA DE CASA..."
MÁRIO QUINTANA.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Chuva & Saudade


Essa chuva que não pára me faz pensar
tantos bons momentos vividos para recordar
Tal qual a flor que morre sem calor
Eu preciso de você e daquele nosso amor
Mas a chuva não deixa o sol aparecer
sem sol não há nada que possa florescer
só o meu amor por você
Só esse amor por você
Quando essa chuva passar
e o vento levar tudo que quero afastar
quero poder então ao menos sonhar
que você...sem ter nem porque
também pensa em mim...
Quando a chuva passar
e a água lavar meus sentimentos
quem sabe possa também
purificar meus pensamentos
Mas a chuva não cansa de cair
Chuva cai em mim
Caio em mim
Minha vontade sorri de mim
Meu desejo vem me sufocar
estou prestes a ceder
com saudades de você...
Essa saudade misturada com vontade
não sei nem o que fazer
Não quero mais sofrer...
Rezo pra chuva enfim passar
a calmaria me alcançar
que eu possa de manhã despertar
sem correr pra te encontrar...

4 comentários:

Patricia disse...

Vc é mega monstra Minha Chubrega favorita.....Fiz comentario insensivel no face, mas vc manda super bem (direto na jugular)..Parabéns !!!!

Paula Moraes disse...

\o/ Uhuuuu! Hehehe valeu cafoninha...Volte mais vezes...=)

Aline Moraes disse...

Linda poesia, parabéns!

Aline Moraes disse...

Linda poesia, parabéns!