"AMAR É QUANDO A ALMA MUDA DE CASA..."
MÁRIO QUINTANA.

sábado, 31 de julho de 2010





Fonte que não seca
Vontade que não passa
Sem sentido e sem explicação
Totalmente sem razão...

Desejo que queima
último suspiro de amor
avassalador
sem pressa de terminar
sem querer ponderar
assim te desejo.



2 comentários:

Nica M. disse...

Perfeito! Parabéns!

Eu sou...... disse...

Obrigada Nica. Bjs