"AMAR É QUANDO A ALMA MUDA DE CASA..."
MÁRIO QUINTANA.

domingo, 21 de agosto de 2011


Posso afirmar que nem tudo que é dito vem do coração
nem todo sentimento leva a frustração
Não quero que tudo "seja eterno enquanto dure"
Nem marcante que perdure
Posso afirmar que nem tudo que dizem é sincero
Nem tudo que vejo é como espero
O mundo não é como gostaria
E não é mera filosofia
As pessoas não se mostram
São narcisistas ou mal se gostam
Usam máscaras, se escondem
Por trás de um título, um sobrenome

Nem tudo que eu digo eu faria
mas não suporto hipocrisia
Gente que se acha melhor, se acha o tal
E trata todo mundo mal
Deveria ser desprezado
Por todos ignorado
Discriminar, destratar, matratar
Não são verbos para conjugar
Quem tem muito "pré conceito"
Deve ter muita cicatriz no peito
Quem gosta de "pré julgar"
Precisa se tratar...
Às vezes somos muito irracionais
Até mais que os animais
E nos achamos espertos demais
Não somos mais do que mortais


Almas precisando ser lapidadas
Pessoas precisando ser amadas
Estamos aqui para aprender
Para acolher
Para amar e não fazer sofrer
E assim ir descobrindo a magia de viver...

25 comentários:

cidinha disse...

Oi, amiga. Gostei muito do post. Vc diz muito bém! é uma pena que exista tantas máscaras.. Estamos aqui para aprender, seguir o exemplo de Jesus. Que possamos procurar sermos bons, fieis aos nossos principios. Sermos íntegros e espalharmos amor! Bjos mil!! Bom domingo.

* Verinha * disse...

Lindo poema Paula que retrata perfeitamente "coisinhas" que por vezes temos que conviver neste mundo onde há tanta diversidade de pessoas e sentimentos.

Beijokas super em seu coração..
Verinha

Aclim disse...

Olha só

Lindo guria...mas é assim mesmo, somos humanos e cheios de falhas.

Abraço

Alê disse...

A magia da poesia,


Pra deixar o domingo mais doce,


Bjkas

Marly Bastos disse...

Concordo com o que dizes em tua poesia em número, gênero e grau.
Um pequeno apanhado da vida, contido nos teus versos.
Beijokas doces

Paula Moraes disse...

Obrigada queridos...Desejo uma boa semana pra todos nós. bjs

Will disse...

Paula,
Poetizando diante do espelho é que revelamos o que realmente somos e também quando percebemos melhor os espinhos que as ervas daninhas do caminho impregnaram em nós. Hipocrisia, falsidade, engodo, são alguns desses espinhos que temos que retirar de nós para vermos melhor o que somos na essência.
ótima semana para você!

Chris Macêdo disse...

Adoro seu blog. tem selinho pra você. Boa semana. Bjos

O Profeta disse...

Um barco parado no cais de espera
Amarras soltas do frio ferro
Uma gaivota adormeceu sem penas
Uma criança chora no meio do aterro

Cheio de penas amarro a alma
Uma saudade arrocha meu peito
Sou um caçador de nuvens breves
Um romântico sem ponta de jeito

Um barco de papel perdido do norte
Roseira plantada num campo de pedras nuas
Uma casa perdida da sua cidade
Um labirinto feito de mil e muitas ruas


Doce beijo

Pena disse...

Preciosa e linda Amiga:
Um texto oportuno e sensato.
Todos nascemos com os mesmos direitos e deveres perante uma sociedade complexa e exigente a que nunca me habituei.
Parabéns.
Beijinhos amigos ao seu talento e sublime sentir mágico e de ouro puro.
Sempre a admirá-la pelo que concebe de beleza, verdade e sensatez.

pena

É perfeita. Linda.
Honra-me, a sua amizade pura.
Bem-Haja, perfeita amiga.

Iasmin Cruz disse...

Oi
tem selinho lá no blog pra você, http://iasmincruz.blogspot.com/2011/08/selo-150-seguidores.html .

Arnoldo Pimentel disse...

Um texto para se refletir sobre nós mesmos.Beijos

Erica Gaião disse...

Paula!

AMEI esse post! Rimas perfeitas para dizer o quanto somos imperfeitos e usamos com perfeição os nossos inúmeros defeitos... É que muitas vezes esquecemos que ser bom é bem melhor...

PERFEITO!

Beijos, querida!

maris disse...

"Estamos aqui para aprender
Para acolher
Para amar e não fazer sofrer
E assim ir descobrindo a magia de viver..."
Palavras sábias que retratam bem a verdadeira essência da vida!
Beijos e bom fim de semana :)

Paula Moraes disse...

Obrigada pelo carinho gente, estou precisando vir mais por aqui...Vou tentar esse fim de semana.
BJs e bom fim de semana.

cidinha disse...

OI, Paula. Saudades de vc! Por onde andas menina! tenha um lindo domingo. Bjos com carinho!

Evanir disse...

Nossa amizade é um mundo de encantos,por isso temos que ter capacidade de amar infitinamente.
Creia a amizade é um fio que liga nosso coração em qualquer parte do mundo.
Só podemos ter certeza que não estamos passando pela vida inultimente se não perdermos a capacidade de amar.
Sou muito feliz por ter sua amizade, é isso que me da a certeza de um amor lindo e incondicional.
Uma abençoada Semana.
Bjs no coração.
Evanir

* Dé * disse...

Ai, ai, tu me faz morrer rindo no face, e me encanta demais aqui!
Te admiro pacas Paulinha!

Adoreeei!
Especialmente a parte que fala que determinados verbos não deveriam ser conjugados. É muito verdade isso.
Um beijo grande queridona!

Silenciosamente ouvindo... disse...

As máscaras existirão(ineflizmente)sempre.
Gostei deste seu texto, será
que o cedia para inserir no
meu blogue http://sinfoniaesol.
wordpress.com com os devidos
créditos?Tinha muito gosto.Basta
um comentário a dizer.
Beijinhos
Irene

lili Rebuá disse...

Olá amiga! Venho agradecer o carinho deixado no meu cantinho! Voltei das férias e estou super descançada.rs.rs...

Miga, arrasou no texto, hêin? Adorei! Falou tudo aquilo que eu acho. O ser humano está regado(nem todos, ainda bem)de vaidades e hiprocrisias.Sei que não somos perfeitos, mas não presisamos exagerar...
Beijocas e abraços carinhosos!

Paula Moraes disse...

Meus amores, obrigada pelo imenso carinho e atenção...Pelos elogios e tudo mais que alegram meus dias...

Silenciosamente ouvindo... disse...

Amiga imensamente reconhecida,
já inseri o seu poema no meu
http://sinfoniaesol.wordpress.com
Espero esteja tudo bem.
Sempre grata.
Um beijinho
Irene

Valéria disse...

Estamos aqui para aprender
Para acolher
Para amar e não fazer sofrer
E assim ir descobrindo a magia de viver...

Oi Paula, que texto lindo.
Vc sempre nos emocionando com seus belos pensamentos.

bjus

Saudades

Doce Menina

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite minha amiga querida e muito amada...
Venho lá do cantinho da Evanir,toda radiosa pela homenagem que ela me prestou.Sei que não sou tão merecedora ainda de tamanha homenagem,faz pouco tempo que estou no seio de vcs.Apesar que já conheço o suficiente para chamar de amiga(o)
Estou aqui para te agradecer as palavras lindas que vc deixou gravada nos comentários da Evanir.Vc me fazendo esses elógios teve grande valor no sentido do gesto.Obg minha querida!
Bjssssssssssss

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
Hoje eu vim pensando um pouquinho em meu sonho
por favor clique no Link

http://www.mariaalicecerqueira.com/2011/08/prezado-amigo-leitor-e-seguidor-me.html

Muito obriga de coração

abraço amigo
atenciosamente Maria Alice