"AMAR É QUANDO A ALMA MUDA DE CASA..."
MÁRIO QUINTANA.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011


"DIZEM QUE O SOFRIMENTO
ENOBRECE A ALMA,
MAS, QUEM QUER SER NOBRE?
EU PREFIRO SER PLEBEU
EMBRIAGADO DE AMOR, ENCOLHIDO EM SEUS BRAÇOS
PARA VIVER AO LADO TEU
EU PEFIRO SER SIMPLES MORTAL
QUE SER UM PODEROSO DEUS
POR UM MOMENTO DE FELICIDADE
ESQUEÇO TODO ORGULHO E VAIDADE
PARA TER VOCÊ AO MEU LADO
POR TEMPO INDETERMINADO E ILIMITADO...
SE É PRECISO SOFRER PRA SER POETA
PREFIRO JAMAIS FAZER UMA RIMA
DO QUE TER ESSA SINA
É PRECISO SENTIR FALTA E PERDER PRA DAR VALOR?
EU PREFIRO NUNCA SENTIR ESSA DOR...
POR QUE INVENTAMOS ENSINAMENTOS
FRASES, PENSAMENTOS
ONDE SÓ É FELIZ QUEM FOI TRISTE
ISSO NÃO EXISTE...
QUERO SER FELIZ HOJE
NÃO ONTEM, NEM AMANHÃ E NEM DEPOIS
EU QUERO AGORA
ESSA É A HORA...
PRA QUE SERVE A VIDA ENTÃO?
SE NÃO FOR PRA ALIMENTAR DE AMOR O CORAÇÃO...
SE NÃO FOR PRA SER COMO  SEMPRE SE QUIS
SE NÃO FOR PRA SER BEM VIVIDA
SE NÃO FOR PRA SER FELIZ?"

24 comentários:

Chris Macêdo disse...

eitaaaaaa... menina amei!! Bjos

lili Rebuá disse...

Olá querida!Saudades!!!
As dores machucam , mas pro outro lado, percebemos que elas existem para nos fortalecer e amadurecer e ninguém escapa disso,infelizmente, não é mesmo?
Beijokas e abraços carinhosos!

*Jéssica Marques* disse...

Paulinha que lindo pensamento!
Felicidade é algo que não foi feita para adiar!

Tem selinhos pra vc em meu blog!
Espero que goste!
bj

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite minha menina!
Estava com saudades de seus post do qual são vcheios de vida!
Bjssssssssssssssssss

Vicente Rubio disse...

He llago a tu blog buscande en Internet y aquí estoy, te escribo desde Valencia en España y no entiendo mucho lo que quieres expresar, pero el sufrimiento, es eso solo, sufrimiento.
Si este es por enfermedad pues vas al medico, pero el sufrimiento es del alma, entonces apareces tu para eliminarlo, porque nadie merece la pena sufrir por otro. Ese es mi criterio.
Cuando te unes a una persona es porque la quieres, luego viene el amor, no confundir el querer con el amar.
Para mi esta claro que no es lo mismo.
Si quieres un dia lo vemos las diferencias ¿De acuerdo? y filosofamos un rato.
Un fuerte abrazo y un beso de tu amigo desde este instante.

Lindalva disse...

Olá minha querida - saudades. Estou de volta depois de rarear nas ondas por conta de assuntos profissionais e hoje venho te convidar para as brincadeiras BLOGUEIRO OCULTO e o MAGIA DO NATAL que estou lançando no salão azul da Ilha, o convite e o link se encontram lá ♥ ♥ ♥ Te espero na Ilha. beijos no coração.

Patrícia ♥ disse...

O Blog "Pieces Of Me'
chegou aos seus 400 seguidores,
e tem o prazer de te prestigiar com
um selinho lindo!!

Beijos,
e obrigada pela presença no meu cantinho..

o selinho esta no link :http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/11/400-seguidores.html

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo e profundo texto, parabéns.Beijos

Vinicius disse...

Uma poesia da revolta contra o romantismo? Só que a própria revolta é uma revolta romântica? E a poesia é estóica também? Achei interessante a sua poesia. E compreendo a sua visão.

Abraço

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Um Feliz Natal! Um Feliz Natal! E que Deus lhe guarde um próspero ano de felicidades!

Djoni Filho disse...

Quando casamos, Prometemos fidelidade, amor e respeito na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, para sempre (acredito que a morte não separa, só Deus, então podemos, depois de morrer fisicamente, continuar juntos eternamente).

Se negarmos qualquer tristeza, qualquer doença, qualquer sofrimento, não estaremos amando aquela pessoa naqueles momentos. Se só amamos nos momentos que somos felizes, isso é paixão.

E se não amamos, não somos felicidade. Conclusão: impossível ser feliz sem sofrer.

Mas sua poesia é linda, e sua vontade de ser feliz mais ainda. Excelente blog. Seguindo.

http://pactodevida.blogspot.com

Severa Cabral(escritora) disse...

Hoje vim trazer um convite especial.
vá no meu cantinho comungar comigo da minha vitória da qual vc tbm faz parte.
bjssssssssssss

maris disse...

Lindo e tocante poema...Temos de valorizar tudo para não ser preciso um penoso sofrimento para agradecermos as boas coisas da vida!
Beijos, bom fim de semana

Fabiano e Joana disse...

Estou aqui novamente e vendo tudo isso, maravilhoso !

intenso e belo.

Te desejo um fim de ano cheio de amor e felicidades, alegria e paz.

Paullo disse...

Adorei o blog, os textos, a estética, tudo...parabéns! Sorte minha ter encontrado um espaço tão aconchegante...já estou seguindo e pretendo voltar sempre, se puder me dar uma força também e seguir eu ficaria grato...
www.paullolenore.blogspot.com

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom dia prezada amiga,
Venho agradecer o seu carinho, atenção e compreensão durante este ano que foi coberto de lindas rosas e com alguns espinhos, que me ajudaram a crescer e a compreender ainda mais o valor da minha vida!
Amiga muito obrigada por cada uma de suas carinhosas visitas, sua companhia, sua presença e sua força e apoio.
Quero pedir desculpas pelo meu silencio, mas gostaria que soubesse que não foi proposital! Mas por conta de alguns desafios que a vida me trousse.
Gostaria de lhe desejar um Santo Natal e que o Ano 2012 venha coberto de muita paz e Amor!
Gostaria de lhe oferecer o selinho de Natal , tem dois pode leva-los ou escolha o que mais gostar, tem também o selinho de 400 seguidores que fiz com muito carinho!
Dentro do mundo magico do coração quero muito lhe agradecer por tudo! Muito Obrigada de todo o coração!
Tenha um lindo dia!
Abraço Amigo!

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Estivemos juntos por mais um ano, para minha alegria, no blog, no facebook, no orkut, no e-mail, não importa, eu agradeço.

Há de ser o Natal um grande momento de paz. Há de ser o Ano Novo um tempo de amor.

Que a paz, o amor e a harmonia permaneçam em seus corações e seus lares.

Quando em minhas preces, agradeço por vocês existirem na minha vida, enxergo minha pessoa, tão frágil, tão “comum”, tão indignada com as coisas do mundo e me pergunto,como cheguei a vocês?

Sem planejar, até mesmo sem perceber, aumentou minha família.

Escuto um eco enorme à minha pequena voz... vocês apareceram na minha telinha, tão natural, tão espontâneo!

Chego a pensar que sempre foi assim. É assim!!!

Percebo ainda, que falamos em

Anas, Josés, Cecílias, Beths, Carminhas, Marias essa e aquela, Edisons, Eloys, Fátimas, Veras e tantos outros, como pessoas de minha maior convivência, na mesa do jantar, ou mesmo almoço.

Quero desejar agora;

Da minha família para a sua família, um FELIZ NATAL.

FELIZ ANO NOVO.

Que a paz do Natal se multiplique no ano que se inicia.

Obrigada por fazerem parte da minha vida.

DEUS os abençoe.

FIQUEM COM DEUS.

Maria Alice Cerqueira disse...

Bom dia
Gostaria de lhe desejar um Santo Natal e que o Ano 2012 venha coberto de muita paz e Amor!
Gostaria de lhe oferecer o selinho de Natal , tem dois pode leva-los ou escolha o que mais gostar, tem também o selinho de 400 seguidores que fiz com muito carinho!

Abraço Amigo!
Maria Alice

Ulisses Reis ® disse...

Feliz Natal, mas não somente feliz no Natal e sim a cada momento da vida e com os amados e os que te amam, feliz a cada palavras lida ou as tuas escritas, feliz em saber que a vida ainda vale a pena e que amar não tem precisão, mas é necessário, feliz e simplesmente com teu sorriso, obrigado e tenha um noite saborosa e com harmonia, mas ale de tudo isso não esqueça de olhar para as estrelas e me enviar um sorriso cheio de energia boa e azul,beijos !!!

Sopa de Letrinhas da Leninha disse...

Lindo poema... compartilho contigo esse sentimento, de que vale a vida se não for para ser feliz!

Jesus te ama! disse...

OI AMIGA QUE SAUDADES!!! QUE O SENHOR TE CONCEDA UM NATAL EXTRAORDINÁRIO QUE HAJA SAÚDE, PAZ, ALEGRIA E PROSPERIDADES NESTE NOVO ANO QUE SE INICIARA, QUE DEUS TE ABENÇOE COM BENÇÃO SEM MEDIDA É O MEU SINCEROS VOTOS A VOCÊ TÃO ESPECIAL! ABRAÇO E BEIJO NO CORAÇÃO DIANA

O Profeta disse...

Tão calmamente corre esta viagem
A terra anda devido ao amor
O que é isso de amar com amor?
O que é isso de o perder sem dor?

O que é isso de acreditar
Às vezes Deus carrega ao colo um justo
Às vezes uma reza acende o Sol a meio da noite
Às vezes duvido acreditando a custo

Abracei o mundo este natal
Lembrei passados desvanecidos
Senti aromas que pensei perdidos
Senti que a vida me infligiu mil castigos

Senti que a solidão era a porta para a razão
Que era uma criatura sem grande importância
Senti que ainda não tinha traçado todos os rumos
Que não há longe perto da distância

JAN disse...

UMA ALMA NOBRE NUM ESPÍRITO PLEBEU... E QUE VENHA 2012
TRAZENDO TUDO DE BOM PRA VOCÊ.

BEIJÃO JAN

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
Que bom acordar e encontrar pessoas que amam a poesia,foi muito gratificante encontrar seu blog.
Grande abraço
se cuida