"AMAR É QUANDO A ALMA MUDA DE CASA..."
MÁRIO QUINTANA.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Sina


Se metade de mim nasceu para aprender
A outra, não quer saber de crescer
Entre vales e esquinas

A outra metade, menina traquina
Brinca de se esconder


Pouco entende, muito pretende
E não abre mão de querer

E com tantas distrações pelo caminho
Antes brincando sozinho
Que me enganando à sofrer


Entre tantas versões de mim

me tragam alguma enfim
que se adapte ao meu viver...
Tragam também a esperança
E a vida vista pelos olhos de uma criança
Para eu nunca mais esquecer


Quero a mistura de um sopro breve
Com uma vida leve
Mesmo que tudo tenha início no fim
Ainda que a seja distante assim
A promessa me serve


E só para esclarecer
Continuo me recusando a sofrer  

Só mais um gole e desce esse meu viver...


2 comentários:

✿ Rê ✿ disse...

Olá Ana Paula!
Vim conhecer seu blog e amei cada palavra que li.
Minha outra metade também não quer crescer.
Suas palavras tem encanto e doçura.
Não pare de escrever viu?
Parabéns pela sensibilidade!
Tenha um fim de semana especial!
Carinhosamente

Blog: Femme Digital- Mãe, Esposa, Mulher!

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde querida amiga

Amizade é um laço fraterno que vai se conquistando pouco a pouco.
Amizade é um elo de Amor que vai se fortalecendo dia apôs dia.
Amizade requer uma sabedoria toda própria, para que ela cresça e amadureça.
Amizade é um sentimento de Amor que é perseverante nela mesma.
Amizade é um sentimento fraterno entre duas ou mais pessoas, que fazem de um todo para fazer os seus amigos felizes.
Muitas vezes deixam de fazer a sua própria vontade para fazer a do seu querido amigo, só para o ver com um lindo sorriso em seus lábios, que na transparência de seu olhar, sentem que este sorriso vem do fundo de seu coração.
Obrigada por sua amizade.
Por sua linda presença lá meu cantinho!
Por seus amáveis comentários.
Obrigada de todo o coração
Uma linda tarde para você
Abraço amigo!
Maria Alice